6 soft skills subestimadas que o tornarão um designer melhor

em Arte & Design em 31 de março de 2020

Como designer, você já ouviu falar muito sobre criar empatia, trabalho em equipe, pensamento criativo e comunicação. Atualmente, essas habilidades sociais são fundamentais para o conjunto de habilidades de um designer. Mas existem algumas outras habilidades pessoais negligenciadas que também são essenciais para os designers. Abaixo, vou explicar o que são e fornecer algumas dicas de como desenvolvê-las.

1. Curiosidade: Querendo saber mais

Um designer que não está curioso é um candidato à estagnação. Se você não é curioso por natureza, ainda pode desenvolver essa habilidade e torná-la intencional aplicando algumas práticas:

  • Evite rotina e repetição. Por exemplo, se você costuma almoçar no mesmo local, faça uma caminhada e explore algumas novas opções.
  • Procure novas oportunidades e desafios para criar seus interesses.
  • Diga sim a novas oportunidades de treinamento ou aprendizado.
  • Esteja mais aberto ao fracasso: a curiosidade às vezes pode levar a algumas decisões erradas, mas faz parte do processo de aprendizado.

2. Pensamento holístico: focando no todo, não nas partes

Aprenda a ver a imagem maior das situações. Isso ajudará a evitar preconceitos, a entender a causa raiz do problema e a tomar melhores decisões. Também o ajudará a visualizar os fatos e as consequências dessas decisões.

  • Promover uma cultura de aprendizado e desenvolvimento contínuos
  • Faça mais perguntas: Por quê? Por que não? Onde? Quando?
  • Use imagens e mapeamento mental
  • Não faça suposições
  • Ouça ativamente

3. Humildade: deixar o ego de lado

Ser humilde o ajudará a ser mais ético, aceitar a crítica mais abertamente e se colocar no lugar de outras pessoas. Também o ajudará a ser mais flexível ao discutir com as pessoas. A humildade é essencial quando se trata de líderes. É uma qualidade que convida a confiança e respeito, além de demonstrar grande força. Algumas dicas:

  • Passe algum tempo ouvindo outras pessoas
  • Pratique a atenção plena e concentre-se no presente
  • peça ajuda quando precisar
  • Pratique gratidão
  • Buscar feedback de outras pessoas regularmente

4. Construção da comunidade: apoiando ativamente seus colegas

Engajar-se na sua comunidade o ajudará a fortalecer os relacionamentos e a criar relacionamento, ajudando e apoiando um ao outro. A comunidade está sendo reconhecida como um gene vital no DNA das organizações voltadas para o crescimento, e por boas razões. Veja como você pode começar a criar uma comunidade como designer:

  • Ouça as pessoas constantemente
  • Identifique oportunidades para criar conexões únicas e valiosas entre grupos de pessoas
  • Crie espaços para compartilhar livremente e faça perguntas

5. Despersonalização: Tirando-se da equação

Embora essa habilidade seja bastante semelhante à empatia, ela se baseia no uso de linguagem como “eu entendo” ou “eu sei como você se sente” . É uma boa habilidade ter quando temos uma linha direta de comunicação com os clientes. É sobre:

  • Fazendo as pessoas se sentirem compreendidas e apreciadas
  • Saber quando não é o momento certo para compartilhar sua história de vida

6. Senso de humor: a habilidade mais subestimada

O humor é um grande benfeitor da saúde. Ele estimula o sistema imunológico, reduz a pressão sanguínea, reduz os níveis de estresse e libera analgésicos naturais no corpo. Agora, pense nos colegas de equipe que fazem você rir do trabalho ou nas pessoas que transformam uma reunião maçante em um momento agradável. Esses são indivíduos que você pode naturalmente atrair, certo?

O humor pode fazer maravilhas quando se trata de discursos, negociações e resolução de conflitos. Pode energizar as pessoas, quebrar a tensão e realmente ajudar a colocar as coisas em perspectiva. Mesmo que você não seja bem-humorado por natureza, ainda pode adquirir a habilidade através da observação e prática. Algumas dicas:

  • Rir de si mesmo
  • Mantenha-se positivo e sorria com mais frequência
  • Saiba quando e quando não deve ser engraçado (é tudo questão de tempo)
  • Mantenha o público em mente (estilo de vida e valores sociais são diferentes)
  • Não tente forçar o humor
  • Prática.

Obrigado pela leitura! Espero que essas dicas o ajudem a fortalecer seus relacionamentos e o trabalho diário como designer.

Lucia Bustamante

Lucía Bustamante é uma designer multidisciplinar que ajuda empresas de tecnologia a lançar belos produtos centrados no usuário. Atualmente, ela trabalha para uma startup do Reino Unido como Designer de Produto.

Categorias: Arte & Design